PGRS

PGRS

PGRS

Para que serve o PGRS

 

Como mencionado na introdução, o PGRS é um requisito legal em defesa do meio ambiente. Com o grande aumento da tecnologia e, consequentemente, do número cada vez maior de lixos eletrônicos produzidos, inúmeros resíduos sólidos também são gerados. De extrema importância é seu descarte ser feito por empresas especializadas, pois possuem substâncias tóxicas à saúde e ao meio ambiente, podendo representar um grande perigo à sustentabilidade.

Visando isso, o Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos auxilia no controle da gestão de resíduos, calculando a quantidade produzida pelas empresas e buscando alternativas para reduzi-la, bem como seu impacto no meio ambiente, além de favorecer a reciclagem e a reutilização e estar de acordo com a legislação do município.

 

De quem é exigido o PGRS

 

Exige-se o relatório preenchido do PGRS de grandes empresas produtoras de resíduos sólidos. Como saber se sua empresa se enquadra nos requisitos? Caso você produza mais de 120 L de resíduos por dia, calculados através do peso e do volume, então você deverá, sim, executar o Plano.

 

Como executá-lo

 

Para executar o Plano Gerenciamento de Resíduos Sólidos, primeiro deve-se conhecer a Lei 12.305/10, ou Política Nacional de Resíduos Sólidos, pois seu exercício deve ser conduzido de acordo com determinada lei. A PNRS objetiva um sistema mais rigoroso sobre a destinação final de resíduos para que não sejam descartados incorretamente, responsabilizando as empresas pela produção e pelo descarte dos mesmos. Com base no exposto, vamos às etapas de execução do PGRS:

  1. Coleta de Dados: o profissional de Engenharia Ambiental faz uma visita à empresa, conversa com os funcionários, com o empreendedor e coleta todos os dados relevantes de triagem, acondicionamento, transporte e destinação dos resíduos.

 

  1. Pesagem dos Resíduos: uma outra visita é feita para quantificar e separar cada tipo de resíduo em suas respectivas classes, de acordo com a ABNT NBR 10.007/2004, norma de amostragem de resíduos sólidos. É imprescindível que tal norma seja seguida, pois ela garantirá que o processo de pesagem foi conduzido da maneira correta.

 

  1. Capacitação dos Funcionários: um treinamento é realizado a fim de conscientizar e ensinar como deve ser feito o Descarte Ecológico dos resíduos, além de sensibilizá-los a respeito de questões que vão além do lixo, como os impactos que o mesmo produz sobre a população.

 

Saiba mais detalhes sobre a importância da Educação Ambiental e do Descarte Ecológico nas empresas, PPRA em Curitiba, fale com a Security 

Solicite Orçamento

Fale conosco

  • Rua Mauá, 159 Conj. 2 - Alto da Glória Curitiba / PR CEp: 80.030-200
  • (41) 3363-3035
  • Engenharia do Trabalho
    VIVO (41) 99263-8242
  • Medicina do Trabalho
    VIVO (41) 99263-8242
  • security@securityengenharia.com.br
  • Segunda - Sexta feira
    08:00H as 17:00H
×